Luciene Silva

Luciene Silva

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Oh Saudade!!!!


                                                                     Oh! Saudade.
Saudade, tanta gente já tentou definir esse sentimento, essa dor que doe tudo, e não tem remédio.
Saudade é uma das palavras mais presentes na poesia de amor da língua portuguesa e também na música popular, "saudade", só conhecida em galego e português, descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor. A palavra vem do latim "solitas, solitatis" (solidão), na forma arcaica de "soedade, soidade e suidade" .
Diz à lenda que foi cunhada na época dos Descobrimentos e no Brasil colônia esteve muito presente para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe de entes queridos. Define, pois, a melancolia causada pela lembrança; a mágoa que se sente pela ausência ou desaparecimento de pessoas, coisas, estados ou ações. Provém do latim "solitáte", solidão.
Dizem que saudade é nossa alma dizendo onde quer voltar ou Saudade, é levar dentro do coração a presença de um ausente querido... É sentir a emoção de um amor perdido... É ter a sensação daquele beijo sentido... Saudade é simplesmente, sentir como permanente, aquele alguém ausente, cuja presença se pressente, é aquele passado, sempre lembrado, que queremos de presente no momento presente... Saudade é aquilo que está fora do alcance, Longe do olhar, e tão dentro de nosso pensamento.
A saudade é a dor do afastamento. É a dor de não ter. É a dor de não ver.
É uma imagem no pensamento.
É um cantinho reservado dentro coração.
 Saudade é o que se foi, mas não partiu.
É o que os olhos não podem ver, mas nossos pensamentos insistem em reviver.

Luciene Silva


video